Lubrificante grau alimentício: principais características

lubrificantes industriais

Lubrificantes industriais: quão importante eles são para a indústria?

05/05/2021
diferentes tipos de óleo para compressores

Quais os diferentes tipos de óleo para compressores?

08/07/2021
Mostra mais

Lubrificante grau alimentício: principais características

Lubrificante grau alimentício

O óleo lubrificante grau alimentício é aplicado em máquinas responsáveis pelo processamento de alimentos. Acompanhe as principais informações e características desse produto.

Leia também: Como elaborar um plano de lubrificação industrial

O óleo, por ser grau alimentício, deve ser produzido de forma segura e estar de acordo com o certificado ISO 21469. Entenda melhor como ele funciona e veja onde adquirir o produto com segurança.

Lubrificante grau alimentício: como funciona e principais características

O lubrificante grau alimentício contribui para minimizar o desgaste à oxidação e protege contra a corrosão, sem comprometer a segurança. Isso faz com que seu funcionamento aconteça de forma a proporcionar maior vida útil à máquina (e aos processos) onde é aplicado, sendo um produto fundamental e de excelente custo-benefício para a indústria de alimentos.

Entre suas principais características, é possível citar o fato de o lubrificante grau alimentício ser normalmente incolor e inodoro, além de contar com especificidades (a depender do produto) que se destacam pelo elevado índice de viscosidade, baixo ponto de fluidez, alto ponto de fulgor, elevado ponto de gota e alta resistência à lavagem.

Quais são as diferenças do lubrificante grau alimentício para os demais lubrificantes?

O lubrificante grau alimentício precisa atender a legislação específica, uma vez que pode haver contato acidental com o alimento que está sendo produzido ou processado. Essa é considerada a principal diferença entre esse tipo de lubrificante e os demais.

No caso, para quem produz lubrificantes grau alimentício, as discrepâncias vão além. O fabricante precisa de aprovação da Agência Nacional de Petróleo (ANP), órgão responsável por regulamentar a comercialização de óleos e lubrificantes dentro do território nacional.

No caso dos lubrificantes alimentícios, também é preciso estar de acordo com as exigências da certificação ISO 21469.

A importância da certificação ISO 21469 e NSF Internacional

O lubrificante alimentício deve vir com a etiqueta do certificado NSF ISO 21469. Isso significa que o óleo está apto a ser utilizado em máquinas que realizam o processamento de alimentos, sendo seguro ainda que entre em contato com algum produto alimentar.

A certificação ISO 21469 é concedida pela NSF Internacional por meio de um profissional responsável por acompanhar e supervisionar o processo de fabricação do óleo.

Métodos para aplicação do lubrificante grau alimentício

O lubrificante grau alimentício pode ser aplicado de diversas formas. Entre elas, é possível destacar: lubrificação por perda, por recirculação, por gotejamento e por banho de imersão. Tais métodos são utilizados, principalmente, em mancais de rolamento, redutores de caixas e engrenagens, articulações e fusos, guias, correntes e mancais de bucha.

Adquira lubrificante grau alimentício com certificação ISO 21469

O óleo lubrificante grau alimentício com certificação ISO 21469 pode ser adquirido via empresas especializadas na produção de itens de lubrificação, como é o caso da EFFICAX Brasil, que conta com equipe de especialistas que prezam a qualidade da produção de seus clientes, além de se preocupar com o meio ambiente.

O lubrificante grau alimentício da EFFICAX Brasil é desenvolvido de forma ecologicamente correta. Além de ter responsabilidade ambiental, a empresa também presta o acompanhamento aos seus clientes, oferecendo produtos de qualidade e informações importantes, levando em consideração as especificidades e demandas de cada caso.

Conheça o lubrificante grau alimentício da EFFICAX Brasil e o amplo catálogo de óleos, graxas e filtros.